Search
quarta-feira 28 julho 2021
  • :
  • :

WebNário discute o Estado e a Rede de Proteção

A existência de leis que determinam e reconhecem a igualdade de Direitos “fundamentais” entre homens e mulheres, não tem se mostrado suficientes para determinar uma mudança de padrões culturais sexistas que imperam ainda em nossa sociedade. A mulher ainda é tratada como inferior, não protagonista de sua história.

Com o objetivo de discutir o tema O Estado e a Rede de Proteção às Mulheres, a Prefeitura de Sumé iniciou, na noite dessa segunda feira 8, Dia Internacional da Mulher, o WebNário “Ser Mulher”, com as presenças do Prefeito Éden Duarte, a Secretária de Assistência Social Ednalva Libânio, o Presidente da Câmara de Vereadores Antônio Carlos Sarmento e a Secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana, Lídia Moura. A mediação foi da comunicadora Jacquelline Oliveira (95 FM).

Em uma perspectiva ampliada de reflexão, o evento em formato de live, se propôs a discutir as políticas públicas de proteção não somente no município de Sumé, mas também na Paraíba.

O prefeito Éden e o Presidente da Câmara Antônio Carlos destacaram as várias Leis de iniciativa do executivo, como o aumento da licença maternidade para 180 dias, a criação da Assessoria Jurídica gratuita municipal, além do Centro de Referência Intermunicipal de Atendimento às Mulheres, conquista para a região do Cariri e sediado em Sumé.

A Secretária de Assistência Social Ednalva Libânio, destacou que as mulheres representam 90% dos atendimentos e que é fundamental a articulação com instituições governamentais e não governamentais, o que constitui a chamada Rede, integrando programas, projetos e ações desenvolvidos por diversos
atores, com a superação de ações isoladas ou iniciativas pontuais e aleatórias.

A Secretária da Mulher e da Diversidade Humana do Estado da Paraíba, Lídia Moura, fez a abertura do evento e elogiou a postura do gestor Éden Duarte no tratamento diferenciado às causas femininas e destacou, dentre as ações marcantes do Governo do Estado, o decreto publicado do plano de ações para aplicabilidade do protocolo que qualifica o crime de feminicídio na Paraíba. A partir de então, o olhar de gênero será utilizado por todos os atores investigativos nesse tipo de crime.

O WebNário “Ser Mulher”, se estende às noites dos dias 15, 22 e 29, sempre as 19h00, discutindo os temas: Empreendedorismo e Empoderamento, Os Ranços e Avanços para as Mulheres Trans e o Público LGBTQIA+ e O Empreendedorismo Social e o Papel das Mulheres.

A realização é da Prefeitura de Sumé, através da Secretaria de Assistência Social com apoio do Governo do Estado da Paraíba, do SEBRAE, da Divisão de Proteção à Mulher e da Diversidade Humana, do Centro de Referência Intermunicipal de Atendimento às Mulheres do Cariri e da Secretaria da Mulher e da Diversidade Humana do Estado da Paraíba.

Ascom

09/03/2021