Search
quinta-feira 23 setembro 2021
  • :
  • :

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Jornal da Paraíba, edição de terça-feira (18) traz a matéria de um relatório produzido por auditores do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE) em que revela inconsistências na distribuição de doses de vacinas contra a covid-19, em dezenas de municípios paraibanos.  Dentre as incoerências, as de que pessoas já falecidas teriam tomado dose de vacina da Covid.

O município de Sumé é citado na matéria, assim como outros 92 municípios paraibanos e, cabe-nos esclarecer que, de acordo com os relatórios da Vigilância Epidemiológica  da Secretaria de Saúde, constam três vítimas que, de fato, tomaram a 1ª dose da vacina da Covid19 e que vieram a óbito, logo em seguida, ficando portanto, impossibilitados de tomar a 2ª dose.

Por questões éticas, os nomes das vítimas não serão divulgados mas a cronologia da vacinação foi a seguinte:

  • A primeira pessoa, tomou a 1ª dose em 20/01/2021 e faleceu em 25/02/2021.
  • A segunda pessoa, tomou a 1ª dose em 29/01/2021 e faleceu em 14/02/2021 e
  • A terceira pessoa, tomou a 1ª dose em 10/02/2021 e faleceu em 14/03/2021

Todavia, é importante ressaltar que os dados não são conclusivos e estão sendo analisados por uma força-tarefa composta pelo Ministério Público e outros órgãos.

Sumé, 19 de maio de 2021.

RICARDO BORGES MORATO

Chefe das Vigilâncias em Saúde

Secretaria de Saúde

Sumé – Paraíba