Search
quinta-feira 21 outubro 2021
  • :
  • :

Evento homenageia artista sumeense Miguel Guilherme

A Prefeitura de Sumé, por meio da Secretaria de Cultura e Esportes, realizou um evento para celebrar os 119 anos do artista plástico sumeense, Miguel Guilherme dos Santos. A solenidade aconteceu, no auditório da Faculdade Cariri – UNICIR, esta que tem sido uma importante parceira da gestão municipal para preservação e resgate da memória de Miguel Guilherme.

Inicialmente, a diretora de Cultura do município, Paula Wêndia, destacou a importância dos parceiros para a concretização do projeto de revitalização do Museu Miguel Guilherme e agradeceu o apoio da família do artista, enfatizando a felicidade de poder participar de uma gestão que prioriza a cultura local em seus vários aspectos.

Em seguida foi exibido um curta-metragem Menino Artífice, gravado em 2010, que conta a trajetória de Miguel Guilherme. A cineasta sumeense e autora da obra, Ana Célia Gomes, também esteve presente e falou de sua felicidade em produzir o filme. “É com muita alegria vir aqui festejar a vida de Miguel Guilherme. Eu me sinto muito honrada. Foi ele quem me inspirou a enveredar na área do cinema. Menino Artífice conta um pouco da história desse gênio, um homem que estava à frente de seu tempo e que deixou um legado para a vida inteira. Essa obra foi produzida em parceria com dois amigos, o Samuel Dias e a Karen Vasconcelos. Nela a gente pode retratar um pouco da genialidade do artista não só em Sumé, mas em outros municípios, onde tem suas obras”, frisou Ana Célia.

Em seguida, houve uma roda de conversas sobre os 119 anos em prosa, verso e arte de Miguel Guilherme, com a mediação de Ana Paula Gonçalves e a participação de alguns convidados que contaram histórias, fatos e impressões do artista.

Para o professor e artista plástico, Zito Júnior, reabrir o ateliê é voltar a respirar cultura. O que o deixa mais feliz ainda é o fato de que o museu Miguel Guilherme irá funcionar também como uma escola de arte.

O prefeito Éden falou de sua felicidade enquanto gestor municipal poder promover uma obra tão significativa para a arte e a cultura do município, que visa preservar, fortalecer e resgatar a memória dos artistas da terra. “Vamos mostrar aos jovens, crianças e principalmente ao mundo quem foi o grande ícone Miguel Guilherme. Pretendemos ainda despertar e desenvolver a curiosidade e o desejo de alunos e professores da rede municipal de ensino para utilizar o espaço e saber mais sobre a nossa história e nossos valores”, enfatizou Éden.

A neta de Miguel Guilherme, Jacquelline Oliveira, destacou a sensibilidade do prefeito Éden Duarte e da UNICIR, nas pessoas de Jucileide Lucena e Paulo Lucena, em projetar a revitalização do Museu Miguel Guilherme. “A nossa família está muito grata por tudo isso que está acontecendo. Tenho certeza que meu avô está muito feliz, pois era um desejo dele que aquele ateliê tivesse sempre de portas abertas para a população”, agradeceu Jacquelline.

O diretor da UNICIR, Paulo Lucena, também falou de sua emoção com a realização das ações sobre a preservação do Museu, já que a história de um lugar está contada em templos, museus e igrejas.

O evento foi limitado a um número de pessoas, obedecendo aos protocolos sanitários e contou também com a participação da filha de Miguel Guilherme Salomé Guilherme, dos vereadores Daniel Lêla e Dida Alves, dos secretários municipais Tanniery Lêla (Saúde), Décio Bezerra (Obras) e alguns populares.

Na ocasião, a neta do homenageado, Jacquelline Oliveira, distribuiu alguns exemplares do livro “Miguel Guilherme Vive”, de sua autoria e do professor Zito Júnior. Todo evento foi transmitido e pode ser acessado pelo facebook e youtube da Prefeitura de Sumé.

Dúvidas e Informações:

(83) 9 9940 9155 (Secretaria de Cultura)

0800 083 1403 (Ouvidoria)

Ascom

23/08/2021