Search
terça-feira 5 março 2024
  • :
  • :

Lei Paulo Gustavo agrada classe artística sumeense

Na última quarta-feira, 07, a Prefeitura de Sumé, por meio da Secretaria de Cultura, Esportes e Turismo realizou a primeira roda de conversa sobre a Lei Paulo Gustavo (LPG). O Diálogo Cultural foi conduzido pela E2 Assessoria e Empreendimentos Culturais, responsável em fazer a apresentação detalhada da Lei e orientar no processo.

O município de Sumé terá direito a pouco mais de R$ 181 mil. Destes 71% está reservado à produções audiovisuais. No entanto ficou esclarecido na reunião que não se trata apenas de produções cinematográficas. O restante do recurso, 29%, será destinado às outras áreas.

O que mais chamou atenção da classe artística presente foi a desburocratização da LPG. Por exemplo, pode-se concorrer com CPF ou CNPJ, uma única pessoa pode concorrer em mais de uma área. A contra partida e prestação de contas do beneficiado pela lei, será apenas a apresentação e/ou doação da obra criada à Prefeitura de Sumé, dentre outros detalhes.

O próximo passo agora, será um cadastramento feito pela Prefeitura/Secult dos artistas e produtores locais, os que participaram da reunião e os que não puderam participar desse primeiro diálogo.

Orientados pelo cadastramento, serão confeccionados os editais e os valores definidos de acordo com o número de segmentos artísticos cadastrados. Os interessados concorrem e cumprem o que pede o edital. Em seguida, aguardar se os seus projetos foram aprovados.

Aprovada em julho de 2022, a LPG prevê uma série de ações emergenciais destinadas ao setor cultural como forma de amenizar os efeitos econômicos e sociais da pandemia de Covid19.

A reunião contou com a participação do Secretário de Cultura, Esportes e Turismo, Branco Xiliu, da UFCG, vários músicos, artesãos, poetas, escritores, cineasta, repentistas.

Dúvidas e Informações:

(83) 9 9962 1056 (Secult)

0800 083 1403 (Ouvidoria)

ouvidoriamunicipaldesume@gmail.com

Ascom

09/06/2023