Search
sábado 6 julho 2024
  • :
  • :

CAPS de Sumé desenvolve programação do Setembro Amarelo

Com o lema “Se precisar, peça ajuda!” o CAPS Novos Rumos de Sumé, está desenvolvendo uma programação com o intuito de esclarecer e informar sobre a prevenção ao suicídio, por meio do Setembro Amarelo, a maior campanha anti estigma do mundo.

Desde o dia 05, a equipe do CAPS e equipe do Programa Saúde na Escola vem desenvolvendo palestras na rede municipal e estadual de ensino e a programação segue nas seguintes datas:

  • 12/09 – Escola Gonçala Rodrigues de Freitas no Conjunto Habitacional;
  • 13/09 – Escola Presidente Vargas, antigo Desembargador, por trás da Igreja Matriz;
  • 13/09 – 8h, visita ao Projeto Sumé com Flores, parceria com a UFCG/CDSA e professora Adriana Meira, e o desenvolvimento da dinâmica “Valorização da Vida”;
  • 14/09 – Pedal pela Vida com concentração na Praça José Américo as 17h;
  • 20/09 – 8h na sede do CAPS no bairro da Várzea Redonda, palestra com a psiquiatra Dra. Rafaela Nóbrega sobre como prevenir o suicídio “Toda vida Importa”;
  • 25/09 – 8h na Calçada do Sumé Shopping, blitz de conscientização com panfletagem, orientações e ofertas de serviços de saúde feitos pela equipe do CAPS e Atenção Básica;
  • 27/09 – Palestra sobre prevenção ao suicídio no Colégio Estadual;
  • 28/09 – Palestra sobre prevenção ao suicídio na Escola Agrotécnica no bairro Frei Damião.

O suicídio é uma triste realidade que atinge o mundo todo e gera grandes prejuízos à sociedade. De acordo com a última pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde em 2019, são registrados aproximadamente 14 mil casos por ano no Brasil, ou seja, em média 38 pessoas cometem suicídio por dia.

Praticamente 100% de todos os casos de suicídio estão relacionados às doenças mentais, principalmente não diagnosticadas ou tratadas incorretamente. Dessa forma, a maioria dos casos poderia ter sido evitada se esses pacientes tivessem acesso ao tratamento psiquiátrico e informações de qualidade.

Segundo Lorena Marques, coordenadora do CAPS Sumé, “é muito importante que as pessoas próximas saibam identificar que alguém está pensando em se matar e a ajude, mostre que está disponível para ajudar, mas principalmente levando-a ao médico psiquiatra, que vai saber como manejar a situação e salvar esse paciente”.

Dúvidas e Informações:

(83) 9 9412 6447 (CAPS Sumé)

0800 083 1403 (Ouvidoria)

ouvidoriamunicipaldesume@gmail.com

Ascom

11/09/2023